Skip to content

Estradas No Céu

Eu vejo estradas no céu
Que me levam sempre a ti
Sou tua e tu és meu
Lugar onde sou feliz

Eu cresci na batucada, noites que não acabavam
E só quando o sol raiava é que adormecia o kid
E vi sem dizer nada quem apenas procurava
Uma solidão amarga ou a tentar fugir daqui
Há quem sinta sempre mais
Quem fica sente quem vai
Parar o barco noutro cais
De que vale o que imagino
Ter a casa pintada com a cor do teu vestido
E um beijo na pele enrugada de ter criado dois filhos
Ouvi, saudade, leva-me contigo
Apesar de eu ter em mim as memórias de uma vida
E liberdade, sou dono do destino
Quero dedicar a ti as vitórias que consiga
É a história que fica, quando acabar o show
Hei de continuar o voo, suspenso na gravidade
Não pode ser passado porque é para lá que eu vou
Prometi voltar um dia, onde pertenço de verdade

Eu vejo estradas no céu
Que me levam sempre a ti
Sou tua e tu és meu
Lugar onde sou feliz

Tu és, tu és
Onde me encontro
Eu sei, eu sei
Que só pertenço a ti

Como se o tempo parasse, silêncio na cidade
Não quis abandonar eu só venci noutro lado
É intenso o retrato, que esconde o teu abraço
Sei o que um dia foste, entendo o resultado
Sou feito à tua imagem e fruto da tua classe
Nunca faltou coragem e sinto-me abençoado
‘Tou a tentar cativar cada oportunidade
E saber aproveitar assim como me ensinaste
Ouvi, Saudade, levo-te comigo
Diz quem me conhece que eu tenho orgulho nisso
O meu compromisso é manter a vela acesa
E que toda a incerteza desapareça no seu brilho
É a história que fica, quando acabar o show
Hei de continuar o voo, suspenso na gravidade
Não pode ser passado porque é para lá que eu vou
Prometi voltar um dia, onde pertenço de verdade

Eu vejo estradas no céu
Que me levam sempre a ti
Sou tua e tu és meu
Lugar onde sou feliz

Tu és, tu és
Onde me encontro
Eu sei, eu sei
Que só pertenço a ti

Valas ft. Raquel Tavares – Estradas No Céu

Leave a Reply

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: