Os amigos

Os amigos!
ouvem os nossos medos e entendem as nossas loucuras, riem das mesmas piadas e gostam das mesmas músicas, têm sempre tempo para nós e pressentem sempre quando mais precisamos delas. entram na montanha russa das nossas dúvidas por nós, e é na subida mais difícil que nos dão a mão e nos provam que – aconteça o que acontecer – nunca vamos estar sozinhos. são os únicos capazes de ver em nós muito mais do que o óbvio e são aqueles que ficam pelas mesmas razões que todos os outros se foram embora.

Ah, essas pessoas-sol!
as que nos põe para cima, as que são uma injecção de ânimo nos nossos dias, as que não desistem de acreditar no melhor de nós, as que nos fazem bem porque praticam o Bem, as que têm sempre a palavra certa no momento certo, as que enviam mensagens de força quando pressentem que tivemos um mau dia, as que sabem tudo sobre nós e permanecem ao nosso lado, as que nos ouvem com o coração, as que abraçam com a força e a leveza do verão, as que são farol e que, mesmo distantes, iluminam o nosso caminho, as que nos fazem acreditar na direcção que seguimos, as que nos ajudam a não nos sentirmos barcos perdidos e as que (se soubermos reconhecer o tesouro que são) agradecemos, todos os dias, por serem a melhor terapia da nossa vida.

~ Sofia de Castro Fernandes (Às 9 no meu blogue)